Foto: Polícia Civil/ Divulgação

Da redação | Um homem colocou fogo na recepção do pronto-socorro do Hospital Bruno Born, em Lajeado, no Vale do Taquari, na noite deste domingo. Ele estava revoltado com a demora no atendimento ao filho, que esperava mais de duas horas pelo serviço.

Segundo a Polícia Civil, depois do reclamar da demora, o homem saiu do Hospital e depois retornou com uma garrafa com gasolina e um isqueiro, e mandou todos em sua volta saírem do local. O fogo estragou computador e equipamentos que estavam em volta do balcão.

A fumaça, no entanto, se espalhou pelo Hospital, provocando a remoção de pacientes internados. Aqueles que inalaram a fumaça, entre funcionários e pacientes, foram atendidos no próprio local.

O autor das chamas fugiu do local, mas já foi identificado pela Polícia Civil.

O ÚNICO DE LAJEADO

Em nota, o Hospital Bruno Born, que é referência para 42 munições do Vale do Taquari, informou que todas as pessoas estão ainda muito abaladas psicologicamente com o ocorrido e que a sala de recepção da emergência sofreu destruição completa. O atendimento foi suspenso por tempo indeterminado e a orientação é que os moradores procurem a UPA da cidade ou hospitais próximos.

Sobre o filho do homem, o Hospital explicou que ele já havia recebido atendimento da UPA e do próprio Bruno Born, e que seu estado de saúde não era considerado de urgência ou emergência.