FOTO: Google Maps/Reprodução

Da redação | A Escola Municipal de Ensino Fundamental Herbert José de Souza, conhecida como Betinho, em Alvorada, vai suspender o almoço para 600 alunos a partir desta terça-feira (3). O motivo é a falta de gás, o que impede o preparo da refeição.

A escola atende 1.075 alunos de primeiro a nono ano no bairro Jardim Algarve e serve de 400 a 600 almoços por dia.

Conforme o diretor Juliano Souza do Nascimento foram feitas solicitações para a Secretaria Municipal da Educação, mas a última entrega de gás já está atrasada há 15 dias. Até ontem, o botijão reserva estava sendo utilizado, mas acabou. “Já tinha acontecido outras vezes este problema com o gás, mas sempre conseguimos fazer o meio de campo. Desta vez, não conseguimos fazer nada. Estamos com o freezer lotado de carne e de outros produtos perecíveis”, conta.

Os pais e a prefeitura foram informados, e um aviso foi colocado na escola, informando que não haveria almoço. Os alunos da manhã continuarão recebendo café da manhã e lanche, já que os alimentos estão prontos ou são preparados no liquidificador. Os alunos da tarde receberão somente o lanche da tarde.

O que diz a prefeitura

Por meio da assessoria de imprensa, a Secretaria Municipal de Educação informou que uma empresa de São Paulo, com representação em Novo Hamburgo, é responsável pela entrega do gás e que, por razões de logística, a entrega atrasou. Conforme a prefeitura, o fornecimento será normalizado ainda nesta terça-feira (3), e o almoço será retomado na quarta-feira para os alunos.