Foto: Jaime Zanatta/GBC

Foto: Jaime Zanatta/ Agência GBC

Da redação | A Trensurb foi notificada nesta terça-feira da negativa do Procon-RS ao recurso interposto pelo órgão contra a multa de R$ 541,7 mil, aplicada no início de março pela estatal, que considerou abusivo o aumento de mais de 90% no preço da tarifa do trem, que passou de R$ 1,70 para R$ 3,30. O preço está em vigor desde fevereiro.

A negativa ao recuro foi assinada pela secretária de Desenvolvimento Social, Trabalho, Justiça e Direitos Humanos, Maria Helena Sartori.

A estatal agora tem 30 dias para dar uma nova resposta sobre a multa. Caso não prestar os esclarecimentos, poderá entrar na dívida ativa do Estado pela Secretaria da Fazenda (Sefaz).