Foto: Divulgação/ EBC

Da redação | Visitadas diariamente por quatro milhões de gaúchos em todo o Estado e presentes em 100% dos municípios do RS, as lojas de supermercados continuam sendo um dos mais fiéis termômetros das oscilações da economia. Nesta quarta-feira (18), o presidente da Associação Gaúcha de Supermercados (Agas), Antônio Cesa Longo, revelou os detalhes do Ranking Agas 2017. O estudo contemplou as 226 maiores companhias do setor no RS para mapear o desempenho dos supermercados do Estado no ano passado e apontar alguns dos novos hábitos de consumo e mudanças no comportamento dos gaúchos em frente às gôndolas.

A pesquisa mostra que o setor alcançou um faturamento de R$ 30,2 bilhões em 2017 no Rio Grande do Sul, um crescimento nominal de 5,4% que, deflacionado pelo IPCA/IBGE, representa um crescimento real de 2,4% em relação a 2016.

“O mundo é dos especialistas, e o varejo supermercadista já entendeu que precisa se especializar em cada área, em cada segmento, em cada detalhe. Este entendimento permitiu que o setor crescesse acima da inflação em 2017, apostando em uma gestão eficiente das empresas com foco na prevenção de perdas e na produtividade”, explica o presidente da Agas.

Com informações da AGAS.