Da redação | Uma mulher de 28 anos relatou no plantão da Polícia Civil, em Caxias do Sul, que foi atacada sexualmente por um pedreiro, contratado para uma reforma. Embora o homem não tenha consumado o ato, mas utilizado força física, o caso já é registrado como estupro. As agressões ocorreram no bairro Salgado Filho, na noite de terça-feira.

Conforme a denúncia, o pedreiro foi até a casa da vítima, solicitando entrada para verificar o trabalho de um empregado. No entanto, ele seguiu a mulher até a cozinha, onde a agarrou e segurou pelos braços. A partir disso, o agressor a colocou em cima da pia, momento em que a vítima bateu a cabeça no balcão aéreo. Ele tentou beijá-la e passou a mão em seu corpo, perguntando qual seria seu preço.

Para fugir, a mulher mordeu o homem. Mais tarde, ela procurou a polícia para registrar a situação. O pedreiro fugiu. O caso passa a ser investigado pela Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (Deam) de Caxias do Sul.