Foto: Polícia Civil/ Divulgação

Da redação | A Polícia Civil, em operação realizada na manhã deste sábado (21), por meio da Delegacia de Polícia de Ivoti, prendeu um homem por crime contra a dignidade sexual, em Lindolfo Collor. A ação foi decorrente do cumprimento de mandado de prisão preventiva pela prática do crime de estupro de vulnerável contra adolescente de 12 anos, à época dos fatos. Dos abusos realizados, a vítima, enteada do indivíduo, restou grávida.

Segundo a delegada Michele Arigony, a Polícia Civil iniciou as investigações informações da prática do fato relatadas pelo Conselho Tutelar da cidade. “O registro de ocorrência foi feito pelo Conselho Tutelar quando a menina apareceu grávida. Em denúncia anônima informaram que o padrasto teria abusado sexualmente da enteada, com apenas 12 anos na época dos fatos”, conta a delegada. A confirmação do abuso se deu após resultado do laudo de exame DNA, o qual concluiu que o perfil genético do padrasto é compatível com o perfil genético do filho da vítima.

Com informações da Polícia Civil.