Foto: PMNH/ Arquivo

Da redação | Serviços de recapeamento asfáltico estão suspensos em Novo Hamburgo, no Vale do Sinos, pelo menos até o final do mês, segundo comunicado da prefeitura. A material-prima, o Cimento Asfáltico de Petróleo (CAP), é fornecida pela Refinaria Alberto Pasqualini (Refap), em Canoas, e sua produção está interrompida.

As duas unidades da refinaria estão em período de manutenção, sendo que os estoques disponíveis já se esgotaram. A projeção é que a partir de 14 de maio haja o reinício da produção do material. Os serviços de recuperação da malha viária no município serão restabelecidos assim que o fornecimento da matéria-prima estiver normalizado.

Além de Novo Hamburgo, a redução da produção do CAP já provoca efeitos em outros municípios e também em obras do Estado.