Foto: Arquivo/ PM Sapucaia do Sul

Da redação* | Os aumentos abusivos no preço da gasolina, em razão da falta de combustível, devem ser denunciados, segundo orienta o Procon de Sapucaia do Sul. Para isso, é importante que os consumidores exijam nota fiscal, com a discriminação do valor pago por litro e a quantidade abastecida.

O diretor do Procon de Sapucaia, Luis Fernando Carvalho, explica que as práticas abusivas ocorrem nos casos em que há elevação injustificada do preço,  “aproveitando-se de uma determinada situação. Mas é necessária uma avaliação de cada caso”, disse.

Denúncias devem ser feitas de forma presencial junto ao Procon Municipal, localizado junto à Secretaria do Trabalho, Cidadania e Economia Solidária, na Av. Assis Brasil nº 47, de segunda a sexta-feira, das 8h às 16h. É necessário levar documento com foto, comprovante de residência e a nota fiscal de abastecimento.

Com informações da Prefeitura Mun. de Sapucaia do Sul