Foto: JL Balestrin/ GBC

Da redação | Nesta quarta-feira, se inicia a paralisação dos petroleiros por 72 horas, em todo o País. O movimento ocorrerá em meio à greve dos caminhoneiros, que chegou nesta terça ao nono dia. Segundo o Sindicato dos Petroleiros do RS, 30% das atividades serão mantidas.

Sindicatos ligados à Federação Única dos Petroleiros (FUP) estão realizando assembleias ao longo do dia para receber orientações em relação à paralisação. Caso as reivindicações da categoria não forem atendidas, a FUP pretende realizar uma greve por tempo indeterminado com parada de produção, que será decidida em 12 de junho.

A greve tem como principais reivindicações o fim da venda de ativos da Petrobras, o aumento do volume processado pelas refinarias da estatal e o fim da política de preços da estatal.