Foto: Jaime Zanatta/GBC

FOTO: Jaime Zanatta/GBC

Da redação | O Sindicato dos Metroviários vai realizar uma nova assembleia geral nesta quarta-feira (6), em Porto Alegre. As negociações com a direção da Trensurb para pôr fim ao estado de greve são a pauta do encontro.  Eles pedem reajuste salarial.

A estatal aceita pagar retroativamente e agora os 4,05% do dissídio do ano passado, como já definido pelo Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região (TRT4). Porém, desde que o gatilho salarial para o dissídio 2018 seja o 1,69% do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC). Os trabalhadores, contudo, querem essa correção pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), que é de 2,76%.

Antes da assembleia geral do Sindimetrô-RS é aguardada ainda uma reunião às 8 horas da quarta-feira entre o sindicato e a direção da Trensurb, mediada por juízes do TRT4.