FOTO: Brigada Militar/Divulgação

Da redação | Dois coletivos das empresas Sogal e Vicasa foram assaltados no último sábado (9) em Canoas, na Região Metropolitana de Porto Alegre.

O primeiro caso aconteceu na Rua Tibaji, no bairro Igara. O alvo foi à micro 332 da Sogal, que fazia a linha Instituto Federal. O motorista preferiu não ser identificado, mas relatou que o criminoso desceu de um Fiat Tipo Vermelho que parou cortou a frente da lotação. “Ele entrou e apontou a arma para mim exigindo dinheiro e o celular”, contou.

Além do motorista, o assaltante também fez a limpa nos passageiros. Ele levou carteiras e celulares, além da chave da micro. “Ele saiu da lotação, e antes de entrar no carro disparou duas vezes para cima”, relatou o condutor.

Horas depois, na Avenida Boqueirão no cruzamento com a Rua Liberdade, o alvo foi um ônibus da linha integração da Vicasa. O cobrador, que também não quer ter a identificação revelada, contou que ele o criminoso embarcou no coletivo com funcionário de um Atacado que fica no cruzamento das duas vias. “Ele me ameaçou com uma faca e levou R$ 520 do caixa”, finalizou.

Reforço no policiamento

Para evitar novos casos, a Brigada Militar, tem reforçado o patrulhamento de rotina em toda a cidade. As abordagens em paradas de ônibus e nos coletivos também aumentaram. “Estamos realizando essas ações para coibir esses crimes”, afirmou o Tenente Coronel Valdeci Antunes, que é responsável pelo 15° BPM.