FOTO: Jaime Zanatta/GBC

Da redação | A Prefeitura de Canoas, na Região Metropolitana de Porto Alegre, lançou na manhã desta terça-feira (19) o projeto “Bikeco”. A iniciativa integra o Programa Canoas Sem Carroças.

Desde que a Câmara de Vereadores aprovou por unanimidade a proibição da circulação de carroças no Centro, a Prefeitura vinha trabalhando para oferecer uma alternativa aos carroceiros. “Tem que ter coragem para fazer um projeto desses e colocar ele em funcionamento”, afirmou o prefeito, Luiz Carlos Busato.

IMG_1185

A Cooperativa de Catadores de Materiais Recicláveis de Canoas (Coopcamate) recebeu dez bicicletas ecológicas. Com gaiolas acopladas, elas terão espaço para armazenar os resíduos recicláveis coletados no Centro.

A vice-prefeita, Gisele Uequed, ressaltou que além dos benefícios para os animais, o projeto vem ampliando a geração de renda. A Coopcamate, por exemplo, ampliou o número de funcionários. “Estamos trazendo a reciclagem para o Centro da cidade e fazendo esse material chegar na cooperativa para ajudar o meio ambiente a economia”.

IMG_1192

Todos os coletores que vão utilizar as bicicletas estarão uniformizados e identificados pela cooperativa.

Proibição

A partir de hoje, está proibida a circulação de carroças nas ruas do Centro. Essa medida vale para as vias: Regente Feijó a Norte, Avenida Getúlio Vargas a Leste, Avenida Inconfidência ao Sul e Avenida Victor Barreto a Oeste.

Quem for flagrado com carroça e cavalo será punido. Inicialmente com uma advertência. Apresentando reincidência na infração, o carroceiro será multado e poderá ter o animal recolhido pela Prefeitura.

A fiscalização será feita por agentes fiscalizadores da cidade. Quem flagrar e quiser realizar a denúncia, deverá procurar a Central de Atendimento ao Cidadão na Rua Ipiranga, 120, no Centro ou ligar para 0800 510 1234.