Foto: Brigada Militar/ Divulgação

Da redação | A Polícia Civil descartou que a chacina ocorrida em Viamão foi motivada pelo confronto entre facções criminosas devido ao controle pelo tráfico de drogas. O chefe de Polícia Civil, Emerson Wendt confirmou que as mortes estão relacionadas com um conflito interno de um grupo criminoso.

A informação já havia sido comentada pelo comandante do 18º Batalhão de Polícia Militar, coronel Pacheco. Segundo ele, se trata de um caso pontual, saindo da hipótese de guerra entre facções.

A chacina na Vila Augusta deixou oito mortos, na madrugada de terça-feira.