Foto: Brigada Militar/ Divulgação

Da redação | Os altos índices de criminalidade em Alvorada e Viamão estão preocupando os governos estadual e federal, que devem trabalhar de forma conjunta para solucionar a violência nas duas cidades. A garantia é do ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann e do secretário Cezar Schirmer. O acordo ocorreu nesta quinta-feira, durante a entrega de viaturas da União para a Brigada Militar e o Corpo de Bombeiros Militar.

Dos 304 municípios brasileiros com mais de 100 mil habitantes, Alvorada é a 12ª cidade mais violenta do Brasil. Viamão ocupa a 32ª posição no ranking.

Hoje, no Brasil, 2% dos municípios concentram metade dos 62 mil homicídios. Alvorada e Viamão fazem parte deste grupo de cidades. Conversei com o secretário e decidimos que, em breve, ele irá a Brasília e nos apresentará propostas para ambas as cidades – disse o ministro.

Schirmer afirmou que há projetos que se enquadram nas necessidades dos municípios, que podem ser iniciados a partir da liberação dos recursos pela União.

Iremos reforçar o pedido de R$ 60 milhões, a serem aplicados em ações de prevenção e investimentos em tecnologia. São ações para Alvorada e Viamão, mas que visam também outros municípios que apresentam um quadro que demanda atenção diferenciada – frisou o secretário.

Tanto o ministro Jungmann quanto o secretário Schirmer afirmam a necessidade dos dois municípios receberem unidades prisionais, que possuem tempo médio de construção de quatro a cinco anos no país.