FOTO: Derli Colombo Jr./Prefeitura de Canoas

Da redação* | A prefeita em exercício, Gisele Uequed, abriu oficialmente a 34ª edição da Feira do Livro de Canoas, no último sábado (23). O ato ocorreu na Praça da Bandeira, no Centro da cidade, e contou com a participação de autoridades, escritores, músicos e homenageados. Pelos próximos 15 dias, Canoas irá reunir diversas atividades em alusão à literatura, como encontro com escritores, sessões de autógrafos, contação de histórias para crianças e muito mais.

O primeiro dia do evento já contou com boa participação dos leitores, que foram até a Praça da Bandeira conferir as novidades e aproveitar os descontos. O Marlon Acosta, estudante de Direito, fez questão de ir logo na abertura das atividades para encontrar o maior número possível de títulos que ajudassem nos seus estudos. “Geralmente, os livros são mais caros em outros locais, mas pelo que vi na Feira do Livro, aqui eles estão com preço mais em conta. Já estou aproveitamento e fazendo um estoque cultural para o ano inteiro”, destacou. Esse é um dos intuitos da feira, como ressaltou o secretário da Cultura e do Turismo de Canoas, Mauri Grando. “Os livros são fomentadores da cultura. Eles têm a capacidade de ensinar e entreter ao mesmo tempo”.

A prefeita em exercício de Canoas, Gisele Uequed, ressaltou a importância da realização da feira ocorrer na Praça da Bandeira. “Há um simbolismo importante ao reunirmos nesta praça, com tantas árvores, meio ambiente e ensino. Isso mostra uma das preocupação da atual gestão, que é dar melhor qualidade de vida às pessoas, mas também se preocupar com o futuro”, destacou a prefeita. Ela também comentou o fato de que a realização da feira mobiliza centenas de alunos da rede pública, que vão até o local junto das escolas.

Município homenageado

O município de Pelotas é o homenageado da edição 2018 da Feira do Livro. A prefeita Paula Mascarenhas esteve na abertura. Ela, que é também professora de Literatura, elogiou a realização da feira de Canoas num espaço tão democrático. “Os livros, estando na praça, estão perto das pessoas, estão ao alcance de todos”, ressaltou.

Ela aproveitou a cerimônia para agradecer a homenagem e, em nome do povo pelotense, reafirmou a admiração que Pelotas tem pela cidade de Canoas. “Um município que cresceu muito nos últimos anos, avançou em vários quesitos e que, com ações como esta feira, mostra sua preocupação com a cultura”, afirmou.

Derli_Colomo_Jr_0009

A Feira do Livro de Canoas vai até o dia 7 de julho, com atividades gratuitas.

*Com informações da Prefeitura de Canoas