FOTO: Polícia Civil/Divulgação

Da redação | A Polícia Civil deflagrou na manhã desta sexta-feira (29) a Operação Shelter em Guaíba, na Região Metropolitana.

Foram cumpridos seis mandados de busca e apreensão e dois mandados de prisão preventiva depois da investigação de uma tentativa de homicídio na primeira quinzena de maio. A vítima foi alvejada por disparos de arma de fogo no bairro São Jorge.

Como a vítima sobreviveu a tentativa de homicídio, os suspeitos realizaram nova investida contra sua vida, desta vez, invadindo o Abrigo Municipal de Guaíba, expondo todos os acolhidos e funcionários que lá trabalham a risco, sob a mira de arma de fogo.

Os suspeitos, com o intuito de aterrorizar as pessoas ali presentes, abriram as saídas de gás e ameaçaram explodir o local, para que assim informassem o paradeiro da vítima, que percebeu a aproximação dos indivíduos e fugiu antes que ingressassem no terreno.

Durante o cumprimento dos mandados foi apreendido maconha pronta para comercialização, duas mudas de maconha, crack, cocaína, ecstasy, LSD, munição de calibre restriro, balança de precisão, celular, entre outros objetos. Os suspeitos, além da prisão preventiva por homicídio, também foram presos em flagrante por tráfico de entorpecentes.

WhatsApp Image 2018-06-29 at 14.54.04

Segundo o Delegado Thiago Carrijo esta operação foi uma resposta contundente do estado contra  a ousadia dos criminosos que invadiram prédio público na tentativa de executar um adolescente.

Após os procedimentos de praxe, os dois indivíduos serão encaminhados ao sistema prisional.