Foto: Edgar Vaz/ Rádio Caxias

Da redação | A Delegacia de Homicídios de Caxias do Sul passa a investigar a partir desta segunda-feira (16) mais duas mortes violentas na cidade.

José Biasi, 51 anos, foi morto a tiros, por volta das 15h deste sábado (14) no bairro Santa Lúcia, em Caxias do Sul. A vítima estava no pátio de casa, na rua Alberto Alves, quando três indivíduos chegaram ao local em um veículo Meriva.

Ao se aproximarem da vítima, efetuaram disparos de arma de fogo contra Biasi, que morreu no local. Ele foi atingido no peito e pescoço. Os criminosos fugiram na sequência.

Mais tarde, um jovem de 19 anos, identificado como Diego Amaral de Mello, foi executado com tiros de arma de calibre .380, no fim da tarde. O caso ocorreu no interior de um salão de beleza, na rua Francisco Spiandorello, bairro Reolon. Duas mulheres que estavam no local foram feridas e encaminhadas ao Hospital Pompéia.

Segundo testemunhas, três indivíduos chegaram ao local em um Honda Civic. Dois deles desceram no carro, invadiram o estabelecimento e atiraram contra Mello. Os autores do crime fugiram em direção ao bairro Matioda.

O rapaz havia deixado a Penitenciária Regional de Caxias do Sul em 26 de junho, após ter sido preso por envolvimento com o tráfico de drogas.

Este foi 51° caso de homicídio do ano, o 11° no mês de julho e o 26° ligado ao tráfico de drogas. No total já são 65 mortes por crimes contra a vida em 2018.