Foto: Triunfo Concepa/Reprodução

Foto: Triunfo Concepa/ Reprodução

Da redação | O futuro da manutenção da Freeway ainda é incerto. O encontro ocorrido nesta segunda-feira em Brasília terminou sem definição. Representantes da Empresa Gaúcha de Rodovias (EGR) e do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) estiveram reunidos.

De acordo com o governo gaúcho, ficou acertado que o órgão nacional vai encaminhar um documento contendo informações detalhadas sobre o padrão de qualidade a ser adotado na gestão da rodovia. De posse desse documento, será possível definir custos para manter a rodovia em boas condições.

Na semana passada, as discussões sobre a viabilidade da EGR assumir o trecho da BR-290 iniciaram. Enquanto não há um acerto, que será crucial para a manutenção da estrada até fevereiro de 2019, a Freeway acumula lixo e formação de buracos, desde que a Triunfo Concepa deixou no início do mês a administração após término do contrato de concessão. Além disso, a falta de serviço efetivo de guincho e ambulância também preocupa os usuários.