Foto: Divulgação

Da redação | Os quatro crânios localizados em São Marcos, na tarde desta quinta-feira, estavam sendo utilizados em um ritual de magia negra. Agentes da 3ª Delegacia de Polícia, coordenados pelo delegado Luciano Righes, foram até uma casa no bairro Jardim dos Plátanos, que servia de ponto para o culto religioso.

c4dc9ad4-27e0-425c-ab72-433f251af846

A moradia era adaptada para servir de espécie de templo, onde era feita a magia negra. Quando os agentes chegaram ao local, encontraram os crânios afixados em uma parede para “energizar” ao local.

Durante o cumprimento de mandados, os policiais prenderam quatro pessoas, que foram encaminhadas para a Delegacia de São Marcos, onde prestaram depoimento e foram liberados. Conforme a Polícia Civil, eles assumiram a autoria do furto dos ossos e devem ser indiciados.

Em 18 de julho, funcionários do Cemitério de São Jorge da Mulada, que fica no distrito de Criúva, interior de Caxias do Sul, denunciaram o furto de sete crânios, além de placas de bronze e violação de nove túmulos.