Foto: Reprodução

Da redação | Na tarde desta quinta-feira, um adolescente de 14 anos foi apreendido, no loteamento Chácara dos Leões, em São Leopoldo, no Vale do Sinos. O menor é apontado como autor do assassinato de Gilnei Barth de Souza, 54 anos, fato ocorrido em 14 de julho.

Segundo a Polícia Civil, agentes da Delegacia de Homicídios esclareceram o caso com a apreensão do adolescente, principal suspeito do crime. A investigação apurou informações com base no depoimento de testemunhas e familiares e denúncias anônimas.

De acordo com o que foi apurado, a vítima havia sido expulsa de casa por integrantes de uma facção criminosa. O objetivo seria ocupar a moradia para fins de tráfico de drogas.

No entanto, os integrantes teriam dito que a expulsão do homem da residência se deu em função de uma adolescente de 14 anos, que a vítima teria mantido relacionamento e supostamente seria namorada do suspeito. A menina, em depoimento, negou envolvimento com o menor apreendido, mas disse ter mantido relação com Souza.

O adolescente detido deve ser internado no Centro de Atendimento Socioeducativo (Case) de Novo Hamburgo. As investigações continuam no sentido de localizar mais suspeitos envolvidos no crime.

Souza foi morto com pelo menos cinco tiros em frente a um bar, no bairro Santos Dumont, em São Leopoldo. O caso ocorreu por volta de 22h.