FOTO: Jaime Zanatta/GBC

Da redação | Um dos locais mais visitados do Parque de Exposições Assis Brasil em Esteio, na Região Metropolitana, é a Feira da Agricultura Familiar. Com o dobro do espaço do ano passado, é uma vitrine da produção das agroindústrias gaúchas. Salames, queijos, mel, chimias, erva-mate, sucos, geleias, produtos orgânicos, sementes, flores e artesanato.

Em 2018, são 280 estandes para exposição e comercialização de produtos de 285 expositores, entre agroindústrias, artesanato, plantas e flores. O número de estandes vai aumentar 41% em relação ao ano passado, com a inauguração do novo pavilhão, que aumenta a área para cerca de sete mil metros quadrados. No ano passado, foram oferecidos 198 espaços.

Ao longo dos nove dias da feira,a Feira da Agricultura Familiar apresentará o trabalho de 1.350 famílias de 106 municípios gaúchos. “Esta é a vigésima participação da agricultura familiar nesta feira, um lugar de diversidade, já consagrado como polo difusor da qualidade dos produtos de nossos agricultores”, disse o secretário do Desenvolvimento Rural, Pesca e Cooperativismo (SDR), Tarcisio Minetto.

Estreiante na Agricultura Familiar

Noeli de Bona Lerin veio lá de Pinto Bandeira, na Serra, para expor seus sucos naturais pela primeira vez na Expointer. “Nós viemos para divulgar o trabalho da nossa família, fazer uma expansão de mercado e também aumentar a nossa rentabilidade”, comenta.

Entre uma venda e outra do suco natural, Noeli enfatizou a importancia da agroindústria para as famílias do estado. “Nossa mesa em casa precisa ter produtos que são vendidos aqui!”.

40031655_816832505107504_4785206124569690112_n

Tradição

Em 2017, as vendas da Feira da Agricultura Familiar chegaram a 2,8 milhões de reais. É em busca de repetir o sucesso dos outros anos, que a agroindustria de embutidos Tigre vem lá do Sul do Estado. “As vendas são sempre muito boas e aproveitamos sempre esse espaço para mostrar o nosso produto”, afirmou Rosane Ruoso.

40042231_2185454315062424_8195694286860189696_n
Iracema e Rosane, vendem embutidos há seis anos na Expointer. – FOTO: Jaime Zanatta/GBC

Ao lado de Rosane, estava a Iracame Hermes Konzen. Juntas, elas estão indo para o sexto ano de Expointer. “Muitos dos nossos clientes que consomem aqui os nossos produtos vão até Arroio do Tigre para comprar mais”, finalizou.

Novidades

Além da ampliação, foram feitos corredores mais amplos para circulação do público A feira também terá capacidade para servir refeições a 400 pessoas simultaneamente, pois a área da praça de alimentação foi dobrada. Outra melhoria é o aumento da área dos estandes, que passaram de quatro para seis metros quadrados, contando com espaço para um pequeno depósito de produtos.

40041048_316446685787701_3674671377329160192_n
Em 2018, o Pavilhão da Agricultura Familiar foi ampliado. – FOTO: Jaime Zanatta/GBC