Foto: Polícia Civil/ Divulgação

Da redação | Na manhã desta terça-feira (27), a Polícia Civil deflagrou a Operação Jaquirana em combate ao aliciamento de adolescentes vítimas de exploração sexual. A ação foi realizada com o apoio da Brigada Militar. Foram cumpridos quatro mandados de prisão preventiva e três mandados de busca e apreensão em Jaquirana.

De acordo com o delegado Anderson Silveira de Lima, a operação foi decorrente de investigação sobre um esquema de exploração sexual de adolescentes. Cinco pessoas foram presas, sendo quatro delas suspeitas de envolvimento direto no crime investigado e um homem que estava foragido do sistema prisional.

“A mulher presa é suspeita de aliciar meninas com idades entre 12 e 15 anos, e as vender para homens envolvidos com o tráfico de drogas, na cidade de Jaquirana”, explicou o delegado.

Segundo as investigações, os crimes tiveram início no ano de 2015. Há alguns meses, a exploração sexual ocorrida foi comprovada pela Polícia Civil, que instaurou inquérito policial. Foi constatado que os pais das vítimas não tinham participação nos crimes.

“As meninas, algumas em situação de vulnerabilidade social, além de serem aliciadas pela suspeita, também experimentavam drogas antes de serem levadas para a realização dos programas sexuais, que eram pagos com entorpecentes ou dinheiro”, completou Anderson.

Com informações da Polícia Civil RS