FEPAM

FOTO: Fepam/Divulgação

Da redação | Uma equipe da Fundação Estadual de Proteção Ambiental (Fepam) avaliou os impactos ambientais provocados por um acidente de trem, envolvendo uma locomotiva que descarrilou próxima ao Distrito de Vila São Paulo, no município de Ipê, localizado na Serra.

O acidente foi provocado pelo desmoronamento de um barranco sobre a via férrea, perfurando o tanque de combustível da locomotiva. Foram vazados aproximadamente três mil litros de diesel, que escorreram para o Rio Ituim.

Segundo o chefe da Divisão de Emergências Ambientais da Fepam, André Milanez, o curso d’água apresentava grande vazão no período, contribuindo na diluição do combustível. Conforme Milanez, a concessionária da malha ferroviária será autuada por poluição ambiental.

O acidente aconteceu na última sexta-feira (31). O trem deslocava-se de Canoas a Lages, em Santa Catarina.