FOTO: Arquivo Pessoal/Reprodução

Da redação | Evandro Ferreira de 42 anos foi preso na tarde deste sábado (15) em um hotel de Cruz Alta, no interior do Rio Grande do Sul. Ele é suspeito de ter matado a cunhada Elaine Silva da Silva de 52 anos.

Ele chegou no hotel no inicio da manhã da última sexta-feira (14). Com documentos falsos, ele utilizou o nome de Evandro Ferraz e disse que era natural de Soledade.

Porém, na manhã deste sábado (15), a Brigada Militar recebeu uma denúncia anônima informando que Evandro estava hospedado em Cruz Alta. Quando chegaram no hotel, os policiais constaram que o preso estava utilizando nome falso. No quarto, ele até tentou impedir a entrada dos policiais no quarto, mas não conseguiu.

Alcoolizado, Evandro pegou uma faca e tentou investir contra os policiais para não ser preso. No local, foram encontradas duas garrafas de vodka e o documento verdadeiro.

Depois de sair do hotel, o preso precisou ser levado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Cruz Alta por estar desacordado. Lá, a simulação foi descoberta pelo médico de plantão, mas mesmo assim ele foi medicado.

Agora, Evandro está na Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento de Cruz Alta. Ele será autuado em flagrante pelos crimes de falsidade ideológica e resistência e depois deve ser levado para o Presídio da cidade.