FOTO: Arquivo Pessoal/Reprodução

Da redação | Evandro Ferreira de 42 anos vai conversar com os policiais sobre a morte de Elaine Silva da Silva de 52 anos na próxima segunda-feira (24). Uma equipe da 1ª Delegacia de Polícia de Cachoeirinha, na Região Metropolitana, vai viajar para Cruz Alta. O interrogatório está agendado para às 15h.

Evandro está em Cruz Alta porque foi preso em flagrante por falsidade ideológica e resistência em um hotel da cidade. De acordo com delegado Leonel Baldasso, responsável pelo caso, o relato de Evandro é fundamental para o esclarecimento do crime. “O preso é uma pessoa sem antecedentes e por isso estamos intrigados com a motivação do crime”, comentou.

Outros depoimentos

Na próxima quarta-feira (26), o proprietário de um armazém que fica perto do local onde o corpo de Elaine foi encontrado, em Morungava, será ouvido. De acordo com a polícia, Evandro teria comprado alimentos no estabelecimento e depois retornado para o carro.

Imagens

A polícia ainda busca obter novas imagens de câmeras de videomonitoramento que mostrem a movimentação da residência onde os dois moravam. A suspeita é que o crime tenha acontecido antes de Evandro sair de casa.