PC

Foto: Polícia Civil/ Divulgação

Da redação | Já está no Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic), da Polícia Civil, em Porto Alegre, o suspeito de liderar a principal organização criminosa de roubo a bancos e a transporte de valores, como malotes e lotéricas, no Estado. Rafael de Oliveira Azambuja, o Rafael Seco, 30 anos, estava foragido desde julho do ano passado, e foi capturado pela Polícia Rodoviária Federal, na cidade de Biguaçu, em Santa Catarina, nesta segunda-feira (24).

O preso possui mandado de prisão por diversos tipos de roubos, entre eles, ao Banrisul, ocorrido em 2017, em Porto Alegre, e ao Bradesco, em julho deste ano, também na capital. Além disso, vigoram mandados por roubo a duas casas lotéricas, situadas na Capital e em Alvorada, e a um carro forte.

Conforme o titular da 1ª Delegacia de Polícia de Repressão a Roubos, do Deic, delegado João Paulo de Abreu, a prisão do suspeito ocorre em colaboração com agentes da PRF, que, continuamente, recebiam informações sobre o andamento das investigações a respeito da organização criminosa.

A investigação sobre o grupo, que se estende a mais de um ano, já levou outros dois homens à prisão – em 31 de agosto, na cidade de Gravataí, e em 24 de maio, na cidade de Florianópolis.

*Com informações da Polícia Civil