FOTO: Cristiano Júnior/Prefeitura de Canoas

Da redação* | Em homenagem ao dia de um dos orixás mais populares do Brasil, Xangô, comemorado no dia 29 de setembro, a Federação Afro Umbandista e Espiritualista do Rio Grande do Sul (Fauers), em parceria com a Diretoria das Políticas das Diversidades e Comunidades Tradicionais da Prefeitura de Canoas, promoveu atividades no Calçadão nesta quarta-feira (26). Durante todo o dia, foi exposta a imagem de Xangô no local e realizada uma apresentação de tamboreiros, o que atraiu mais de 600 pessoas, que ainda puderam fazer pedidos ao orixá e pegar material informativo sobre a 9ª Caminhada de Xangô, que será realizada neste domingo, a partir das 15h.

A concentração da caminhada acontece em frente à sede da Fauers, na rua Fernando Abbot, 159, no bairro Nossa Senhora das Graças, e se deslocará pelas ruas Bandeirantes, Santa Maria, avenidas Santos Ferreira e Inconfidência, passando pelas ruas São Pedro e Dona Rafaela, com chegada ao Parque Getúlio Vargas (Capão do Corvo), onde haverá uma roda religiosa de Umbanda.

De acordo com o diretor das Políticas das Diversidades e Comunidades Tradicionais, Saulo Gil, as atividades visam combater a intolerância às manifestações religiosas afro umbandistas e de matriz africana. “No Calçadão, pessoas de diferentes religiões nos procuraram para obter mais informações sobre Xangô e sobre Cosme Damião, que é celebrado no dia 27. Também tivemos muitas demonstrações de fé em frente à imagem, com pedidos e agradecimentos. Isso demonstra a diversidade cultural e religiosa de Canoas”, ressalta.

O presidente da Fauers, Everton Alfonsin (Caco), destaca que a caminhada de domingo tem o objetivo de unir, reunir e estimular adeptos a Xangô, na matriz africana, e a São Miguel de Arcanjo e a São Jerônimo, no catolicismo, em uma caminhada pela paz. “A caminhada e a roda religiosa buscam um momento de reflexão em uma sociedade caracterizada pela falta de tempo. Nosso intuito também é levar informação para a população de que todas as religiões levam a um único Deus”, comenta. Caco ainda lembra que na edição de 2017, a caminhada reuniu mais de 3 mil pessoas.

*Com informações da Prefeitura de Canoas