reprod

Foto: reprodução

Da redação | Segue internado no Hospital de Pronto Socorro de Canoas (HPSC) o policial militar baleado na noite de quinta-feira (27), na Av. Santos Ferreira, no bairro Marechal Rondon, próximo ao Cachorro do Bigode. Lotado do 15º Batalhão de Polícia Militar (15º BPM), o soldado Rodrigues está em estado grave. Ele passou por procedimento cirúrgico.

Rodrigues foi abordado por dois indivíduos, que tripulavam um automóvel de cor prata. A dupla disparou contra o policial, que foi atingido por quatro tiros – no abdômen e rosto. Depois do crime, os bandidos fugiram.

A Polícia Civil investiga o caso e já tem pelo menos duas linhas de análise – tentativa de execução ou assalto. Os criminosos fugiram sem levar nada do soldado.

Câmeras de segurança gravaram a movimentação de suspeitos e dois carros de cor prata, além da própria vítima dos disparo, circulando nas imediações, por volta de 22h30.

1. Na primeira parte do vídeo, é possível perceber a presença de dois indivíduos – um deles veste casaco preto e camiseta vermelha e o outro casaco azul;

2. Na segunda, um Punto prata estaciona na Av. Santos Ferreira. Do carro, saem dois suspeitos, que se preparam para vestirem casacos e cruzam a via. O Punto dá meia volta e sai de cena, indicando o envolvimento de um terceiro suspeito;

3. No terceiro trecho, no posto Paradouro, é possível perceber o soldado, que já estaria ferido pelos tiros. Na sequência, um Ford Fiesta prata passa pelo mesmo local, logo após o PM. O carro é manobrado e sai. Ao que indica na análise inicial, uma viatura estaria próxima ao posto, o que teria atraído o policial e dispersado o carro suspeito. No local, havia uma polícial civil que socorreu o soldado e o levou para o HPSC.

Conforme o titular da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa de Canoas (DHPP), delegado Luís Antônio Firmino, os registros devem ser analisados a partir da próxima segunda-feira (01).

CANOAS | Soldado da BM baleado segue na UTI do HPSC