Foto: Jaime Zanatta/ GBC

FOTO: Jaime Zanatta/GBC

Da redação | O homem morto na tarde da última sexta-feira (28) na Avenida 17 de Abril, no bairro Guajuviras, em Canoas, deixa esposa e uma filha de quatro anos. Ele foi identificado como Maicon André Santos da Silva de 21 anos.

Maicon estava caminhando até uma parada de ônibus na avenida, quando foi alvejado. Ele iria até Porto Alegre, para fazer uma perícia de trabalho, pois havia se acidentado. Por isso, utilizava uma muleta, que foi encontrada pela polícia ao lado do corpo após a morte.

30 guajuviras canoas 04
FOTO: Jaime Zanatta/GBC

Segundo informações repassadas à Brigada Militar (BM), uma pessoa tripulando um Onix prata ou cinza teria passado e efetuado, em média, 12 disparos de uma arma de fogo de calibre 380, que já está em posse da polícia. O caso será investigado pela Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Motivação

De acordo com um familiar da vítima, o crime estaria ligado a acerto de contas. Maicon não seria envolvido com o tráfico, mas o irmão está preso.