PC

Foto: Polícia Civil/ Divulgação

Da redação | Agentes da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) de Canoas prenderam dois homens, de 18 e 25 anos, na tarde desta segunda-feira (15). Eles são apontados como autores da morte de Carlos Alberto de Jesus, fato ocorrido em 25 de setembro. A prisão foi coordenada pelo delegado Luís Antônio Reis Firmino.

O crime ocorreu durante a madrugada, por volta de 04h30. Os criminosos invadiram a casa de Jesus, localizada no condomínio MQ4 no bairro Guajuviras. Na sequência, efetuaram vários disparos de arma de fogo. Segundo a Polícia Civil, o caso foi motivado pela disputa pelo tráfico de drogas.

De acordo com a investigação da divisão de Homicídios, dias antes do crime, a vítima fazia parte de uma facção criminosa e teria se mudado para um endereço que era liderado por grupos rivais. Ao chegar na nova casa, ele teria ameaçado os traficantes da região, motivo pelo qual foi executado dentro da própria residência.