Derli Colomo Júnior

Foto: Divulgação/ Derli Colomo Júnior

Da redação | Com o objetivo de mobilizar a sociedade e fomentar a reflexão sobre a problemática do trabalho infantil em Canoas, a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (SMDS), através do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS) e dos conselheiros tutelares, realizou uma blitz educativa na tarde da quinta-feira (18), na esquina das avenidas Boqueirão com Farroupilha.

A atividade teve como tema “Ser criança é ter infância, todos juntos contra o trabalho infantil”. Durante a ação, foram distribuídos materiais informativos e prestadas orientações à comunidade, visando alertar sobre as consequências negativas, físicas e psicológicas que o trabalho precoce acarreta para as crianças e adolescentes.

De acordo com a secretária da SMDS, Luísa Camargo, no município, o trabalho infantil envolve crianças e adolescentes inseridas no comércio, em feiras e ambulantes, lixões, flanelinhas e venda de drogas. “Percebemos que ainda há um grande número de crianças e adolescentes trabalhando em Canoas, principalmente nas sinaleiras. A nossa preocupação neste momento é sensibilizar e alertar a população para que não alimentem mais essa atividade do trabalho infantil”, explica.

Como denunciar:

As denúncias de trabalho infantil podem ser realizadas pelos seguintes telefones:

Disque 100
CREAS: (51) 3478-3079
SMDS: (51) 3466-1293

*Com informações da SECOM CANOAS