FOTO: Jaime Zanatta/GBC

Da redação* | O novo governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite (PSDB), conversou com jornalistas ainda na noite do último domingo (28) em Porto Alegre. Ele chegou na Capital depois das 21h, depois de votar e acompanhar a apuração em Pelotas, no Sul do Estado, com a família.

Leite carregava quatro caixas de doces quando chegou ao comitê: “trouxe esses doces para os jornalistas”, afirmou. Ele começou agradecendo aos eleitores e o apoio que recebeu de aliados, como os prefeitos de Canoas Luiz Carlos Busato (PTB), Leonardo Pascoal (PP) de Esteio, Guilherme Pazin (PP) de Bento Gonçalves, de outros políticos presentes e dos familiares.

Eduardo Leite e os doces de Pelotas
Depois da entrevista, o novo governador distribuiu os doces entre os jornalistas (Foto: Jaime Zanatta/GBC)

O novo governador foi bastante questionado sobre o Regime de Recuperação Fiscal. Se assinado, o estado pode ficar três anos sem pagar a dívida com a união. “Pretendemos retomar o mais rápido possível as negociações. O novo governo federal olhará com bons olhos, afinal, três dos maiores estados do país têm grave crise fiscal. Para que o Brasil retome o crescimento, o presidente eleito vai ter que olhar para os estados”, enfatizou.

Ao longo da coletiva, Leite estava ao lado de seu vice, o delegado e ex-chefe de polícia no Rio Grande do Sul, Ranolfo Vieira. Agradeceu a parceria, falou sobre a criação de uma nova secretaria para administrar os presídios e defendeu os investimentos na segurança pública. “Nosso vice vai ser o ponto de apoio fundamental para enfrentar a criminalidade e drogas.”

Eduardo Leite e Ranolfo
Eduardo Leite agradecer a parceria do vice, Ranolfo Vieira (Foto: Jaime Zanatta/GBC)

Ainda na coletiva, Eduardo Leite voltou a reafirmar a promessa de campanha de colocar em dia os salários do funcionalismo estadual, falou sobre a transição e agradeceu a ligação de José Ivo Sartori, atual governador que concorreu à reeleição. “O governador foi gentil, já estabelecemos para os próximos dias a transição à altura do que o povo gaúcho merece.” O tucano também parabenizou o novo presidente da república, Jair Bolsonaro (PSL).

Depois da entrevista, Leite subiu em cima de um caminhão e agradeceu aos eleitores que desde os minutos iniciais da apuração se reuniram em frente ao comitê, na Avenida São Pedro, no bairro São Geraldo. “O trabalho não termina aqui. Ele ta só começando. Agora, cada um de nós vai ser governador”, salientou.

O tucano tirou fotos com eleitores e depois foi comemorar a vitória em uma churrascaria de Porto Alegre.

*Com informações do repórter Jaime Zanatta