Foto: Polícia Civil/Divulgação

Da redação | Um homem foi preso preventivamente na última quarta-feira (23) em Canoas pelos agentes da Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (Deam). Ele é suspeito de tentar matar a ex-companheira em dezembro de 2018 com uma faca na Praia do Paquetá.

De acordo com a delegada Clarissa Demartini, que coordenou a ação, o suspeito não aceitava o final do relacionamento com a ex-companheira. “Ele teria encontra a vítima em um bar na Praia do Paquetá. Quando viu ela, investiu com uma faca e populares interviram para cessar as agressões. Neste momento, ele errou uma facada, que seria destinada à ex e acertou outra mulher que tentava apartar a briga”, comentou a delegada.

A mulher foi atingida com uma facada na cabeça, mas passa bem. Por causa da ação, foi pedida a prisão preventiva do acusado. A delegada salientou o comprometimento da Polícia Civil no combate à violência doméstica, especialmente àqueles crimes que colocam em risco à vida das mulheres. “Precisamos lutar por uma sociedade igualitária e a Especializada traduz esse compromisso realizando investigações qualificadas, com grande força probatória, e com os olhos voltados à segurança da vítima. São esses pilares que garantem a prisão do agressor ainda na fase policial”.

O delegado Regional de Canoas, Mario Souza, destaca que o enfrentamento à violência contra a mulher é fundamental e que as ações da Polícia Civil serão intensificadas contra os agressores.