Foto: Ingrid Kasper/Prefeitura de Esteio

Da redação* | Na manhã desta terça-feira (29), 19 aves silvestres que eram mantidas em cativeiro de forma irregular em Esteio foram apreendidas em uma ação conjunta envolvendo a Fiscalização Ambiental da Secretaria Municipal do Meio Ambiente (SMMA), a Patrulha Integrada de Proteção Ambiental (Pipa) e a Brigada Militar. A equipe foi até os bairros São José e Tamandaré após denúncias anônimas havia criação de aves silvestres.

Os animais, encontrados presos em gaiolas e sem autorização do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (Ibama), foram levados até a SMMA para que seja realizada a avaliação da situação atual deles. Técnico da Secretaria vão verificar se é possível a soltura em um local natural adequado. Os animais que não puderem ser soltos serão transferidos para a unidade do Ibama em Porto Alegre.

Foram apreendidos cinco canários-da-terra, um azulão, dois cardeais, cinco trinca-ferro, dois tiês-preto, um tico-tico-rei, um chupim, um papagaio-verdadeiro e um papagaio-charão. Os proprietários serão multados em valores que variam de R$ 500 a R$ 5 mil por ave. Os valores ainda estão sendo calculados pela Secretaria.

O coordenador de Políticas Ambientais da SMMA, Samuel Vargas, ressalta que a criação irregular de animais silvestres é crime previsto nas leis 9.605 (Art. 29) e 6.514 (Art. 24). Denúncias podem ser feitas pelo telefone da Ouvidoria da Prefeitura de Esteio (0800-541-0400).

*Com informações da Prefeitura de Esteio