Foto: Susepe/Divulgação

Da redação | Foi realizada pela Superintendência dos Serviços Penitenciários (Susepe) entre a última quarta-feira (30) e a madrugada desta quinta (31) uma operação na Região Metropolitana. O objetivo era transferir detentos que estavam em delegacias superlotadas para um presídio.

A Penitenciária de Canoas (PECAN) teve 130 vagas abertas depois da transferência de presos para outros locais do estado. Com isso, 42 vagas foram preenchidas com os detentos que estavam nas delegacias de Pronto Atendimento de Canoas, Novo Hamburgo e São Leopoldo.

As ações foram realizadas em três delegacias da Região Metropolitana e Vale do Sinos (Foto: JL Balestrin/GBC)

As três delegacias apresentavam problemas com a superlotação. Em São Leopoldo, por exemplo, uma van desativada da Brigada Militar virou cela para presos. No município vizinho, Novo Hamburgo, os detentos dormiam na calçada, perto de onde passam pedestres.

Participaram da ação 120 agentes e 43 viaturas.