Foto: Brigada Militar/ Divulgação

Da redação | Um crime curioso foi cometido no começo da manhã desta terça-feira (06), em Caxias do Sul. Gustavo Sperandio, 56 anos, furtou um ônibus do transporte coletivo urbano e dirigiu o coletivo pela cidade. Ele fez isso sem roupas.

Portador de distúrbio mental e usuário de drogas, o homem, nu, ingressou na Estação Principal de Integração (EPI) Imigrante, por volta de 06h15. Ele foi até um ônibus da Visate que estava estacionado e com a chave na ignição.

Sperandio não foi percebido pela Guarda Municipal (GM), que faz a segurança da estação de transbordo. O coletivo estava parado ao lado do posto da GM no local. Trata-se de um veículo preparado para substituir outro em caso de necessidade.

Após dar a partida, o homem saiu da EPI com o coletivo e ingressou na BR-116, de onde seguiu até o bairro São Ciro. Ele saiu da rodovia federal e ingressou na RSC-453, a Rota do Sol, em direção à zona oeste da cidade, trafegando também pela ERS-122.

Sperandio entrou no bairro Cidade Nova, onde foi alvo de um cerco da Brigada Militar (BM). Ele foi detido na esquina das ruas Abel Postali e Ciro Luiz Pansera.

Devido ao fato, o ônibus sofreu danos em uma das laterais, com duas janelas quebradas. O coletivo teria batido em uma carreta durante o trajeto.

Após ser encaminhado ao plantão da Polícia Civil, Sperandio causou mais transtorno. Além de gritar, ele sujou a carceragem com fezes.

O homem tem diversos antecedentes criminais, entre lesão corporal, furto, danos, roubo de documentos e a pedestre e casos de ameaça.