Foto: Brigada Militar/Divulgação

Da redação | Três criminosos foram abordados por criminosos em uma residência na localidade de Balneário Rebelo, no Sul do RS, durante a noite da última quinta-feira (5). No local, a Polícia Civil com o apoio da Brigada Militar (BM), buscava um Fiat Siena que foi roubado em Porto Alegre.

Quer mandar sugestões de pauta e flagrantes da sua cidade? Então, anote nosso WhatsApp: (51) 9 8917 7284

Quando os policiais chegaram na casa foram recebidos a tiros. Cinco homens estavam no local e um deles, com fuzil, disparou contra os agentes. Durante o confronto, três criminosos conseguiram fugir pelos fundos da casa. Um acabou preso e um adolescente foi apreendido.

O trio que fugiu foi até um camping na localidade e abordaram as mulheres e as levaram como reféns. Porém, no caminho, uma perseguição com a polícia fez com que eles abandonassem o veículo em Barra do Ribeiro e fugissem a pé por um campo. As vítimas ficaram no carro, sem ferimentos.

Possível ataque a banco

O Tenente Luís Veríssimo da Rosa, que comanda o policiamento de Tapes, contou que a suspeita da polícia é de que os criminosos estivessem planejando um ataque a banco na região. “Eles fugiram em alta velocidade e poderiam ter causado um acidente. Os criminosos atiraram contra a polícia na fuga, mas a gente não podia revidar porque tinham reféns no carro”, comentou.

A suspeita de ataque a banco foi reforçada após os policiais encontraram na casa onde eles estavam armamento, miguleitos, toucas ninja, luvas e um rádio na freqüência da Brigada Militar. Dentro de um dos carros que estava no local, havia uma grande quantidade de munição.

A Brigada Militar faz cerco em Barra do Ribeiro em busca dos três na manhã desta sexta-feira (6). Até as 7h, eles não haviam sido presos.

Bandidos da Região Metropolitana

Conforme o delegado Rafael Liedtke, os criminosos eram especializados no roubo de veículos em Porto Alegre e Região Metropolitana. Eles são de Canoas e Esteio.