Foto: Arquivo Pessoal/Reprodução

Da redação | Uma brasileira foi encontrada morta no último sábado (21) na Espanha. A vítima foi identificada como Paloma Barreto de 38 anos era transexual. Ela era natural de São Gabriel, na Região Central.

Paloma morava na cidade de Alicante, mas viajou para Avilés, onde morreu. Ela era acompanhante de luxo e modelo. Para o trabalho, usava o nome de Sara Fernandez. O corpo dela foi achado por uma faxineira, em um apartamento, com diversos ferimentos por arma branca.

Um suspeito de ter cometido o crime já foi preso pela polícia. Os dois trabalhavam juntos e a vítima tinha uma relação íntima com o suspeito, classificada por eles como uma “amizade colorida”. O preso é natural de Porto Alegre e não teve o nome divulgado pela polícia espanhola. Mesmo sendo gaúchos, os dois se conheceram na Espanha.