Foto: Kleyton Fantin/PM Esteio

Foto: Kleyton Fantin/Prefeitura Municipal de Esteio

Da redação* | A Fundação de Saúde Pública São Camilo de Esteio (Hospital São Camilo) começou na última segunda-feira (30), reformas para qualificar os espaços de atendimento do setor de Urgência e Emergência do hospital. A ordem de início da obra foi assinada nessa na sexta-feira (27).

Quer mandar sugestões de pauta e flagrantes da sua cidade? Então, anote nosso WhatsApp: (51) 9 8917 7284

Os trabalhos, que serão executados pela empresa A Solução, vencedora da licitação, terão um investimento de cerca de R$ 139 mil, recursos próprios da Prefeitura Municipal repassados ao São Camilo. Posteriormente, outros R$ 130 mil serão aplicados na compra de equipamentos e materiais para o setor.

As obras de adequação e melhorias na unidade de Urgência e Emergência do Hospital São Camilo vão abranger uma área total de intervenção de 639,15 m². Estão previstas as reformas da área “vermelha” da emergência, do setor de acolhimento, da recepção, do saguão de espera e de dois banheiros da área “amarela”, que atualmente apresentam infiltrações e vazamentos. Também serão executados reparos, restauração e pintura de todas as paredes, forros, bate-macas e esquadrias na área onde as obras serão realizadas, bem como melhorias nas redes elétricas, lógica, de gases e de esgoto sanitário. 

O diretor-administrativo da Fundação São Camilo, Gerson Cutruneo, frisou que a obra será possível pelos repasses feitos pela Prefeitura, recursos angariados a partir de medidas de economia nas secretarias que compõem a gestão. “Somente neste ano serão mais de R$ 30 milhões repassados, valor bem acima do que o Governo Federal encaminha, cerca de 13 milhões, e do Governo Estadual, que fica próximo aos 22 milhões”, explicou. “Isso demonstra que a Prefeitura acredita na instituição e, principalmente, nos funcionários dedicados, comprometidos e esforçados, que são a grande maioria, que fazem este hospital”, concluiu.

Emergência terá mudanças no atendimento

Como será necessário restringir o acesso aos locais onde as obras serão feitas, não serão realizados atendimentos no São Camilo de casos não urgentes, identificados pela cor verde no sistema de classificação de riscos. Nestes casos, a Administração do hospital vai encaminhar os pacientes para atendimentos em unidades básicas de saúde (UBS). Essa restrição seguirá até a conclusão da reforma, estimada, até o momento, para o dia 30 de novembro (data que pode sofrer alterações).

As obras não afetarão o atendimento de situações de maior gravidade. Continuarão recebendo cuidados no hospital casos como problemas cardio-respiratórios, intoxicação exógena e envenenamento, queimaduras graves, crises hipertensivas e dores no peito de aparecimento súbito, afogamentos, choques elétricos, suspeitas de infarto ou acidente vascular cerebral (AVC, que tem como sintomas mais comuns a alteração súbita na fala, perda de força em um lado do corpo e desvio da comissura labial), agressão por arma de fogo ou arma branca, crises convulsivas, traumas graves, fraturas e cortes.

Nos casos de sintomas gripais, dores crônicas, vômito, diarreia, enxaqueca ou cefaleia, dor de dente, crise de ansiedade, dores lombares, tosse, traumas pequenos com mais de 12h de acontecimento, controle de pressão arterial e glicemia, troca de sondas, aplicações de medicações e curativos, as pessoas deverão procurar as UBSs do Município.

 *Com informações da Prefeitura de Esteio