Foto: Arquivo Pessoal/Reprodução

Da redação | O motorista que morreu em um acidente na manhã desta quinta-feira (7) na Avenida Rio Grande do Sul, no bairro Mathias Velho, em Canoas, estava indo para o trabalho. Jeferson dos Santos Siqueira de 33 anos deixa esposa e dois filhos.

Quer mandar sugestões de pauta e flagrantes da sua cidade? Então, anote nosso WhatsApp: (51) 9 8917 7284

Ao longo da manhã, enquanto o local estava isolado, diversos moradores do bairro foram até a cena do acidente. “Ele era uma pessoa maravilhosa. Vivia ajudando aqui no bairro”, disse uma moradora que não quis ser identificada. Jeferson faria 34 anos no final do mês.

O acidente

Conforme a Brigada Militar (BM), testemunhas relataram que Jeferson conduzia um GM Corsa Branco pelo sentido bairro-centro quando colidiu em uma caminhonete S10 que trafegava no sentido oposto. Ele morreu na hora.

“Não tive reação”

A manhã desta quinta-feira (7) do empresário José Sidiney começou movimentada. Ele estava indo em casa buscar um casaco quando se envolveu em um acidente. “Eu vinha descendo a Rio Grande do Sul quando vi o Corsa se perdendo e vindo com tudo para cima da caminhonete”, relata.

O acidente bloqueou um trecho da avenida (Foto: Jaime Zanatta/GBC)

O Corsa a que José se refere é o veículo que era conduzido por Jeferson. Já o empresário dirigia uma S10. Ambos colidiram frontalmente. “Não tive reação. O motorista tava em alta velocidade. Ele ‘voou’ no quebra-mola”, afirma o empresário. O condutor do outro veículo morreu no local do acidente.

Na S10 do empresário estavam mais dois funcionários. Ninguém ficou ferido. José foi submetido ao teste do bafômetro, que deu negativo.