Foto: Polícia Civil/ Divulgação

Da redação | Familiares enterraram, pela segunda vez, o corpo de uma mulher de 49 anos, que teve a sepultura violada e o corpo arrastado até um mato, em Gravataí. A rápida e simples cerimônia de despedida ocorreu na tarde desta terça-feira (12).

Quer mandar sugestões de pauta e flagrantes da sua cidade? Então, anote nosso WhatsApp: (51) 9 8917 7284

O fato incomum ocorreu no Cemitério Rincão da Madalena. A falecida foi enterrada no domingo (10), e teve o corpo localizado fora da cova, na manhã desta segunda-feira (11).

O cadáver, semi-nu, estava em uma área de mata nas proximidades da sepultura. A mulher estava sem calcinha e com sinais de abuso. Pedaços das roupas da falecida também foram achados no local.

A perícia irá confirmar os indícios de abuso sexual. Ainda não há suspeitos para o crime.