Foto: Jaime Zanatta/ GBC

Nenhum coletivo da frota da Sogal está circulando desde a manhã desta sexta-feira (20). A informação é do Sindicato dos Rodoviários.

Conforme o presidente da entidade que representa a categoria, Marcelo Nunes, eles aguardam o resultado da votação do PL 64/2019 que prevê a renovação do contrato com a empresa por 10 anos. “A cidade está parada”, afirma.

Todos os coletivos estão estacionados no Centro. Na Câmara, a sessão discute uma emenda ao PL que renova por dois ano o contrato com a empresa. A proposta foi recusada por maioria.

O pedido é assinado por oito vereadores. São eles: Maria Eunice (PT), Emílio Neto (PT), Paulo Ritter (PT), Ivo Fiorotti (PT), Cris Moraes (PV), Gilson Oliveira (PP) e Pateta (PP). A sessão do Legislativo começou às 8h30.