Foto: Sumaia Villela/Agência Brasil

Começa nesta segunda-feira (10) a Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo. A primeira etapa, que vai até a sexta-feira (14), terá como público-alvo crianças e adolescentes com idade entre 5 e 19 anos, que não estejam com as vacinas em dia.

O objetivo, conforme o Ministério da Saúde, é evitar o avanço do vírus. Anos atrás, a doença estava erradicada, mas surtos na Europa e em países das Américas, somados à divulgação de notícias falsas e à baixa procura pela vacina pela população, resultaram no ressurgimento da enfermidade, sobretudo no estado de São Paulo.

O sarampo é uma doença infecciosa grave, causada por um vírus, que pode ser fatal. Sua transmissão ocorre quando o doente tosse, fala, espirra ou respira próximo de outras pessoas. A única maneira de evitar o sarampo é pela vacina. Os principais sintomas do sarampo são febre acompanhada de tosse, irritação nos olhos, nariz escorrendo ou entupido e mal-estar intenso.

Dia D

Quem tiver dificuldade para ir até um posto de saúde, no horário normal de atendimento, terá a chance de realizar a imunização no dia 15 de fevereiro, um sábado, quando as UBSs abrem para o Dia D de vacinação.

Vale lembrar, que é necessário tomar duas doses da vacina para concluir o esquema vacinal contra o sarampo. Quem comprova as duas doses da vacina do sarampo, não precisa se vacinar novamente. Quem não tomou nenhuma dose, perdeu o cartão ou não se lembra, são necessárias duas doses.

A imunização ocorre por meio da vacina Tríplice Viral, que além do sarampo previne também a caxumba e a rubéola.