Foto: Karina Trindade/ Divulgação/ EBC

O ministro de Saúde, Luiz Henrique Mandetta, pediu durante coletiva de imprensa nesta quarta-feira (26) que os gaúchos “deem um tempo na roda do chimarrão”, após a confirmação do primeiro caso de coronavírus no país.

Quer mandar sugestões de pauta e flagrantes da sua cidade? Então, anote nosso WhatsApp: (51) 9 8917 7284

A preocupação é com a proliferação da doença, uma vez que o coronavírus é transmitido por meio de gotículas que saem da boca da pessoa contaminada. Por ser uma bebida que tradicionalmente é compartilhada, o chimarrão também pode contribuir para a transmissão.

Além da bomba do chimarrão, qualquer outra bebida tomada no mesmo copo por mais de uma pessoa também é propícia para passar a doença.