Deu positivo, o exame de contraprova de um homem de 61 anos que estava com suspeita de coronavírus. Com isso, o país registra oficialmente, o primeiro caso da doença.

O paciente, que esteve na Itália entre os dias 9 e 21 de fevereiro, reside na capital paulista e procurou o Hospital Albert Einstein na segunda-feira (24), depois de retornar da região da Lombardia, onde esteve a trabalho, sozinho.

Ele apresentou sinais e sintomas compatíveis com a suspeita de doença provocada pela infecção por coronavírus, como febre, tosse seca, dor de garganta e coriza. Conforme informou o Ministério da Saúde na terça-feira (25), o paciente estava bem, com sinais brandos da infecção, e recebeu as orientações de precaução padrão.

A informação foi confirmada por fontes do Governo do Estado ao portal Gaúcha ZH. A Itália, onde o paciente investigado em São Paulo esteve, é o epicentro do coronavírus na Europa.