Foto: Max Peixoto

A égua Justiceira, que morreu após passar mal no entorno do Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre, na quarta-feira (26), será homenageada no dia 7 de março, durante o aniversário do 4º Regimento de Polícia Montada (4º RPMon), da Brigada Militar (BM), onde o animal atuava.

Quer mandar sugestões de pauta e flagrantes da sua cidade? Então, anote nosso WhatsApp: (51) 9 8917 7284

Com 18 anos de idade, Justiceira tombou antes de atuar na área externa do Beira-Rio, devido ao jogo da Copa Libertadores entre Internacional e Tolima.

Uma das cenas mais marcantes foi registrada em foto: o soldado Maicon Alves aparece agachado, ao lado da égua, e emocionado com a partida.

Justiceira estava com outros animais. Ao desembarcar no estádio, a égua foi submetida a uma caminhada de reconhecimento do local, mas o animal passou mal e tombou, morrendo no local.

O animal precisou ser erguido pelos PMs e colocado novamente no caminhão da BM, que o levou até o quartel. Um exame preliminar indicou uma lesão cardíaca, um possível infarto.