Foto: Redes Sociais/Divulgação

A mulher assassinada pelo ex-marido, em Gravataí, na noite de sábado (14), tinha medidas protetivas contra o agressor. Jocemara Ramão, 37 anos, foi morta a tiros enquanto trabalhava em um restaurante, na parada 79. Após o feminicídio, o autor dos disparos, Marcelo Fraga Pacheco, 36, cometeu suicídio. Eles haviam ficado juntos por cerca de 15 anos, mantendo uma relação conturbada, mas a vítima saiu de casa com os filhos em fevereiro.

Quer mandar sugestões de pauta e flagrantes da sua cidade? Então, anote nosso WhatsApp: (51) 9 8917 7284

Jocemara deixa dois filhos com Pacheco, um menino de nove anos e uma menina de 13, e outro filho de 19 anos de outra relação. O agressor não aceitaria o fim do relacionamento.

A mulher, inclusive, tinha registrado ocorrência por sequestro e cárcere privado e solicitado medidas protetivas, as quais foram autorizadas pela Justiça.