Foto: Praia de Belas/Divulgação

A Prefeitura de Porto Alegre decretou na última terça-feira (18) o fechamento de lojas de shoppings centers, cinemas, teatros, entre outros estabelecimentos, como academias, por exemplo. A ação é uma das medidas de contenção do novo coronavírus (Convid-19).

Quer mandar sugestões de pauta e flagrantes da sua cidade? Então, anote nosso WhatsApp: (51) 9 8917 7284

O chefe do Executivo Municipal, Nelson Marchezan Júnior, também emitiu um decreto que define situação de emergência por causa dos impactos causados pelo coronavírus. Também foi determinada a restrição de bares e restaurantes da cidade. Uma das recomendações para bares e restaurantes indica que a lotação não poderá exceder a 50% da capacidade máxima prevista no alvará de funcionamento ou PPCI, bem como de pessoas sentadas.

As lojas de rua da Capital também permanecerão abertas, seguindo recomendações de higiene indicadas no documento. Além disso, o funcionamento das lojas deve ser realizado com equipes reduzidas e com restrição ao número de clientes concomitantemente, como forma de controle da aglomeração de pessoas.

Período de restrição

Conforme o decreto, os shoppings deverão fechar por 30 dias a partir de 19 março, à exceção de farmácias, clínicas de atendimento na área da saúde, supermercados, restaurantes e locais de alimentação nestes estabelecidos, bem como espaços de circulação para acesso aos mesmos. Também ficou claro que cinemas, teatros e academias, mesmo as localizadas dentro dos shoppings, seguirão fechadas, como determinou um decreto da prefeitura.

Os decretos também determinam o cancelamento de todo e qualquer evento em ambiente fechado, bem como de Eventos abertos com mais de 50 pessoas. A prefeitura informa que não expedirá alvarás de licenciamento para eventos, no período de vigência do decreto. Salões de festas de condomínios poderão ser utilizados quando respeitada 30% da sua capacidade de lotação.