Foto: Jaime Zanatta/ GBC

Canoas está em situação de emergência. No Diário Oficial do município, foi decretado o fechamento de centros comerciais e lojas dos shopping centers. Nesta sexta-feira (20), apenas farmácias, praças de alimentação e supermercados puderam funcionar.

Quer mandar sugestões de pauta e flagrantes da sua cidade? Então, anote nosso WhatsApp: (51) 9 8917 7284

 “Vim porque precisava comprar algumas coisas para casa”, disse a analista de sistemas, Carla Rosana, enquanto saia de um supermercado no shopping que fica no bairro Marechal Rondon.

Em situação de emergência

Na última quinta-feira (19), Canoas decretou situação de emergência. Entre as medidas, estão a suspensão de todos os eventos públicos e privados de qualquer natureza, até o fim da situação de emergência, a qual foi decretada nesta quinta-feira (19).

Durante o período eventos particulares, incluindo salões de festas e áreas de lazer de condomínios, que tenham mais de 20 pessoas, ficam proibidos. Shoppings centers e centros comerciais serão fechados por 21 dias. A restrição também atinge academias, centros de treinamento, ginásticas, cinemas e clubes sociais.

Estabelecimentos como farmácias, clínicas de atendimento de saúde, supermercados e agências bancárias permanecem abertas, mas só podem operar com limite máximo de 50% de ocupação. Os restaurantes, bares e lanchonetes que não ficam em shoppings e centros comerciais só poderão permanecer abertos até as 20 horas, também obedecendo o limite de 50% de ocupação e aumentando os espaços entre mesas.

Lojas de rua permanecem abertas, mas devem ter suas equipes reduzidas e também têm capacidade máxima de lotação de clientes. Estabelecimentos de ensino, creches privadas e comunitárias deverão suspender os atendimentos. Assim como teatros, museus, centros culturais, bibliotecas e cinemas.