Foto: Jaime Zanatta/ GBC

Os dois primeiros casos de coronavírus em Canoas, confirmados pela Secretaria Municipal da Saúde (SMS) na última sexta-feira (20), não têm relação. Tratam-se de dois homens, de 22 e 40 anos, com histórico de viagem para outro Estado. O mais jovem, está em isolamento domiciliar e não apresenta complicações. Já o segundo paciente encontra-se internado num hospital de Porto Alegre, seu quadro é estável.

Quer mandar sugestões de pauta e flagrantes da sua cidade? Então, anote nosso WhatsApp: (51) 9 8917 7284

O homem de 22 anos relatou que teria feito uma viagem no dia 10 de março. Ele procurou atendimento de saúde no dia 16, apresentando os sintomas que se enquadram na suspeita de infecção. O diagnóstico foi confirmado, nesta sexta-feira, pelo Laboratório Central do Estado.

O paciente apresenta, atualmente, quadro clínico leve, sem a necessidade de internação hospitalar. O homem permanece em isolamento domiciliar até a melhora dos sintomas. Nenhum familiar apresentou sintomas e estão sendo acompanhados pelas equipe de Vigilância em Saúde de Canoas, assim como o caso confirmado até a melhora do quadro de saúde.

O paciente que está internado em Porto Alegre também tem histórico de viagem para outro estado. Ele realizou consulta em Canoas, no Hospital Nossa Senhora das Graças, coletou exames e foi colocado em isolamento domiciliar. Depois de sentir-se mal, ele foi até Porto Alegre, onde está internado. O quadro é considerado estável e já apresentou melhoras, na comparação com a situação em que foi internado.

O prefeito de Canoas, Luiz Carlos Busato, lamentou a situação, mas destacou que a cidade vem preparando cada mais a sua rede assistencial para tratar os pacientes infectados. “Há mais de um mês, estamos trabalhando para treinar os profissionais, garantir os leitos de internação e organizar os fluxos de atendimento”, disse.

Mas ele lembrou que a ação mais efetiva é prevenção. “A medida de isolamento mais importante é evitar sair de casa, lembrar da etiqueta respiratória e manter os hábitos de higiene. Devemos nos cuidar e também às das outras pessoas ao nosso redor”, completou.